Categorias
Sem categoria

OK, GLASS

O Google Glass promete ser uma grande inovação e o mercado está na expectativa pelo seu lançamento. Antecipando a sua chegada, que segue sem definição, a Revista Exame PME promoveu  no dia 28 de maio de 2014 um evento fechado para empreendedores de pequenas e médias empresas com o objetivo de demonstrar o Google Glass e discutir sobre possíveis usos dos óculos.

Ainda em fase Beta, o Google Glass é um dispositivo wearable de realidade aumentada cuja armação com duas hastes se prendem às orelhas tal como um óculos. A partir do comando de voz inicial “OK, Glass”, o usuário ativa o dispositivo e pode, em tempo real, realizar tarefas como vídeo-chamadas, obter direções no GPS, tirar e compartilhar fotos, e buscar informações na internet.

O comando de voz é a principal forma de interação com o Google Glass, onde o som é captado pelo dispositivo e transmitido ao usuário através da reverberação sonora na caixa craniana, de modo a evitar interferências externas. Secundariamente, o aparelho apresenta uma espécie de mouse pad em sua lateral, que permite ao usuário acionar os comandos com as mãos. A tela de interação com o aparelho fica localizada no canto superior do olho direito, e não obstrui (muito) a visão do usuário quando desativado. O dispositivo em si não necessita de lentes para funcionar, no entanto, em Março deste ano, Google e Luxottica, uma das maiores empresas de óculos do mundo, anunciaram uma parceria estratégica para projetar, desenvolver, produzir e distribuir o Google Glass, que promete marcar o inicio de uma nova geração de óculos.

Atualmente, o Google Glass está apenas disponível para os chamados Exploradores, que devem ser maiores de 18 anos de idade, residentes norte-americanos, com um endereço de correspondência nos Estados Unidos, e que se disponham a pagar US$ 1.500 pelo aparelho. Conforme o palestrante Christian Gallasch, o mercado espera que o Google Glass chegue ao mercado norte-americano custando em torno de US$ 300. Mas, pelo momento, o dispositivo segue sem data de lançamento ou preço definido.

A convite da Revista Exame PME, tive a oportunidade de conhecer e utilizar o Google Glass, e acredito que este é um dispositivo wearable inovador, muito interessante e divertido. No entanto, do meu ponto de, a grande revolução que o Google Glass trará ainda está por vir! Quando o aparelho chegar ao mercado, e outras pessoas e empresas tiverem acesso a ele, novos aplicativos irão surgir para facilitar a vida cotidiana dos usuários. O Google Glass tem um apelo muito forte para o entretenimento, mas acredito que o grande potencial revolucionário está nas aplicações que as empresas, sejam elas startups ou empresas já consolidadas, darão ao dispositivo.

A reportagem feita pela Revista Exame PME sobre o Google Glass chegas às bancas na próxima edição, no dia 20 de Junho. Confira abaixo algumas fotografias tiradas através do Google Glass e o óculos sendo utilizado pela autora: